O nível de vendas em lojas online durante a Black Friday atingiu valores recorde nos Estados Unidos. Neste ano, a “febre das compras” em plataformas de eCommerce chegou aos 7,4 mil milhões de dólares, aumentando 19,6% em relação ao mesmo período no ano passado, indicam os mais recentes dados da Adobe Analytics. Tendo em conta os valores arrecadados, a empresa prevê que a adesão à Cyber Monday seja ainda maior, podendo alcançar os 9,4 mil milhões de dólares em vendas.

Os dados revelam que, durante a Black Friday, cada vez mais consumidores optam por fazer compras online através dos seus smartphones. Dos 33% registados em 2018, a percentagem de transações realizadas através de dispositivos móveis aumentou para 39%, perfazendo cerca de 2,9 mil milhões de dólares.

Entre os itens tecnológicos mais comprados encontram-se portáteis e AirPods da Apple, televisões da Samsung e consolas Nintendo Switch. Já no que toca aos videojogos, o FIFA 20 e o Madden NFL 20 foram os preferidos dos gamers norte-americanos. A Adobe notou também que os consumidores têm vindo a adquirir itens cada vez mais caros, sendo que o valor médio de uma compra online rondou os 168 dólares, registando assim um aumento de 5,6% em relação à Black Friday do ano anterior.

Black Friday: aproveite as melhores ofertas mas proteja-se de eventuais esquemas
Black Friday: aproveite as melhores ofertas mas proteja-se de eventuais esquemas
Ver artigo

Embora continue a ser um dos dias mais atarefados para os comerciantes, dados da ShopperTrak revelam que, no território norte-americano, as visitas às lojas físicas diminuíram 6,2% em comparação com 2018. “À medida que a popularidade do retalho ominicanal e do comércio online aumenta, os consumidores adotaram neste ano soluções mais adaptadas às suas necessidades, como comprar na web e levantar em loja”, indicou Brian Field, Senior Director de Global Retail Consulting da empresa.

Após uma Black Friday que contou com uma elevada adesão à “febre das compras” na web, a previsão é de que a Cyber Monday chegue também a níveis recorde de vendas online, avança a Reuters. Em preparação, as plataformas de eCommerce reforçaram os seus serviços de entrega de encomendas para conseguir satisfazer todos os pedidos que receberão no dia de descontos tecnológicos.

Entre o Black Friday, Cyber Monday e o Natal a DPD Portugal espera entregar 2,2 milhões de encomendas
Entre o Black Friday, Cyber Monday e o Natal a DPD Portugal espera entregar 2,2 milhões de encomendas
Ver artigo

Já no nosso país, a DPD Portugal indica que, de ano para ano, as encomendas online aumentam durante a época mais "consumista". A empresa prevê entregar, entre a Black Friday, a Cyber Monday e o Natal perto de 2,2 milhões de encomendas, um aumento de quase 200 mil pedidos, face aos 2 milhões do período homólogo em 2018.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.