Os widgets estão presentes no iOS há vários anos. Embora assumam maior destaque no Android, onde podem ser destacados e personalizados no ecrã principal do software, os utilizadores de iPhone e iPad sempre puderam utilizar widgets, se bem que numa parte dedicada do SO, onde todos coexistem de igual forma. No entanto, o portal 9to5Mac diz que esta distinção está perto de chegar ao fim.

Os widgets são todas as aplicações com que pode interagir em pequenas janelas no ecrã principal do seu aparelho. Os relógios, os calendários e os boletins meteorológicos são algumas das suas formas mais comuns.

De acordo com uma análise conduzida pelo site ao código do iOS 14, a Apple está a desenvolver um sistema de widgets mais flexível. A funcionalidade, que tem o nome de código "Avocado", permitir-lhe-á colocar widgets em qualquer parte do seu home screen, tal como já se pode fazer com qualquer ícone de aplicação. O 9to5Mac avisa, contudo, que o sistema pode vir a ser eliminado devido à falta de tempo para o aprimorar.

Um leak recente reitera esta mesma ideia. O perfil @DongleBookPro publicou recentemente um conjunto de imagens que nos mostram uma outra funcionalidade, relacionada com wallpapers dinâmicos. Neste caso, os wallpapers vão poder ser escurecidos ou embaçados para que possam comportar a sobreposição de widgets de forma mais harmoniosa, facilitando a utilização dos widgets.

Apesar desta flexibilidade, é possível que o sistema não seja tão flexível quanto o que temos no Android, onde os widgets podem ser redimensionados e ocupar qualquer parte do ecrã. No entanto, é inquestionável que esta funcionalidade trará um nível de personalização superior ao sistema operativo da Apple, que, face ao maior concorrente, sempre ficou atrás neste capítulo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.