São os seus criadores que o apresentam como um atlas 3D do cérebro humano, ou mais precisamente da sua citoarquitetura. Acrescentam-lhe caraterísticas como “probabilístico” e “dinâmico”.

O Julich-Brain é um mapa probabilístico do cérebro humano que combina várias pesquisas com estruturas computacionais para considerar a complexa organização e diferenças individuais existentes. Também é dinâmico, porque muda continuamente para integrar os resultados de mapeamentos cerebrais mais recentes.

Atualmente, o mapa reúne dados de mais de 24.000 seções em fatias finas de 23 cérebros pós-morte, cobrindo a maior parte dos anos de idade adulta a nível celular.

tek site Julich

Os investigadores que o criaram querem este atlas 3D de mapas citoarquitetónicos “de áreas corticais e núcleos subcorticais” se adapte continuamente ao progresso das tecnologias de mapeamento para auxiliar na modelagem e simulação do cérebro. Acima de tudo, pretendem também que o ulich-Brain possa ser um recurso disponível para a comunidade científica “interoperável” e “ligável” a outros atlas e recursos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.