A tecnologia pode não substituir as emoções de uma visita in loco, mas pelo menos tem a capacidade de aguçar a nossa curiosidade e vontade de planear locais que vemos na internet. A tecnologia de realidade virtual e aumentada oferece-nos sensações muito agradáveis, criando uma maior imersão do que as simples fotografias e vídeos.

Existem muitos locais de turismo que já oferecem experiências tridimensionais virtuais, e o Museu de História Natural de Londres é certamente uma passagem obrigatória. Cortesia do portal Google Arts & Culture. Para além das obras de arte exibidas, que incluem esqueletos de dinossauros, fósseis e outros elementos da história do planeta, há cerca de 80 milhões de espécimes para descobrir.

A visita inclui ainda narrações feitas pelos investigadores e curadores do museu e há novidades, tais como um réptil marinho pré-histórico reproduzido em realidade virtual. Os utilizadores podem ver um pequeno filme sobre a investigação pioneira do museu, assim como as suas diversas galerias de obras, construídas pela mesma equipa da Google responsável pela Street View.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.