Atualmente, quando navegamos online, é comum recebermos avisos ou notificações acerca da forma como os nossos dados são tratados. No entanto, quando falamos dos múltiplos dispositivos inteligentes que já “povoam” as nossas casas, espaços de trabalho e estabelecimentos, a história é diferente.

Para ajudar a perceber se existe algum equipamento inteligente ao seu redor a tentar recolher informações sobre os utilizadores, um grupo de investigadores da Carnegie Mellon criou a IoT Assistant. A aplicação permite também verificar se existe alguma forma de manter a sua privacidade, como limitando a quantidade de dados a ser partilhada.

 “Devido a normas como o Regulamento Geral de Proteção de Dados e a California Consumer Privacy Act, as pessoas precisam de estar bem informadas acerca dos processos de recolha de dados, sendo que a possibilidade de participar ou não tem de estar sempre em cima da mesa”, afirma Norman Sadeh, professor no Institute for Software Research da universidade e principal investigador do projeto, em comunicado à imprensa.

A aplicação criada pelos investigadores da Carnegie Mellon University é gratuita e está disponível para Android, na Play Store, e para iOS, na App Store.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.