A poucos dias do lançamento do Huawei Mate 30, a fabricante chinesa anuncia um modelo que não deverá ser para todas as carteiras: o Porsche Design Huawei Mate 30RS. Depois desta divulgação, Evan Blass foi o autor de um novo leak sobre o próximo grande lançamento da marca, onde mostra aquelas que podem ser imagens dos vários modelos possíveis, mas que ainda não foram anunciados, e a mais recente novidade oficializada.

À semelhança do que já aconteceu anteriormente com outros modelos, a Huawei vai lançar um smartphone em parceria com a Porsche Design. Apesar de não divulgar preços nem especificações, podemos já prever que não deverá ser muito acessível. A versão anterior do Huawei Mate RS de 256 GB, por exemplo, custava 1.699 euros, enquanto a versão de 512 GB ficava quase nos 2.000 euros.

Confirmado está já o novo processador Kirin 990, que a empresa apresentou na IFA, em Berlim, pelo que vai contar com versões 5G. Numa entrevista no início deste ano, Richard Yu já tinha admitido que o Mate 30 Series trará uma versão 5G. Agora, Evan Blass divulga mais pormenores, sugerindo que o Huawei Mate 30 e o Huawei Mate 30 Pro vão ser os modelos a integrar este processador.

O Huawei Mate 30 Pro deverá integrar um sistema "waterfall" e um extenso notch na parte superior do dispositivo. Da parte de trás, vemos a conhecida Leica, juntamente com quatros sensores integrados num recorte circular. Um tweet "enigmático" sugeriu um par de sensores de 40 MP, 8 MP e um sensor "time-of-flight". Existe ainda a possibilidade de uma versão a permitir dois cartões SIM.

Em comparação com o modelo Pro, o Huawei Mate 30 parece ter um notch muito mais pequeno e uma versão com Dual-SIM poderá também surgir. No entanto, neste modelo não surgiram imagens da parte traseira.

Rumores de julho apresentavam uma imagem ligeiramente diferente à agora divulgada por Evan Blass, que apontavam que o smartphone teria um alinhamento de quatro câmaras, fabricadas em parceria com a Leica, na traseira, oferecendo um zoom ótico de 5X.

Quanto ao smartphone desenvolvido em parceira com a Porsche Design, Evan Blass partilhou imagens com modelos de duas cores, vermelho e preto. Ao que parece o smartphone vai ter cobertura de couro na parte traseira.

Agora, a maior curiosidade será as “condições” em que o novo topo de gama da Huawei chega ao mercado, ou seja, qual o sistema operativo que irá alimentar o smartphone. Isto porque alegadamente a Huawei não tem a autorização da Google para utilizar o Android, segundo o The Verge, ainda acerca da proibição imposta pelo Governo dos Estados Unidos, o que levará a gigante tecnológica, literalmente, a “repensar as possibilidades”. E esta pode ser, ao mesmo tempo, a “faísca” que a Huawei necessitava para lançar oficialmente o seu sistema operativo, o HarmonyOS, apresentado recentemente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.