Não está finalizado nem pronto a comercializar. A revelação foi misteriosa e a Samsung só mostrou o que quis. Esta quarta-feira, 7 de novembro, foi o dia em que os rumores tomaram como corpo um equipamento real, de ecrã flexível, que tem numa dobradiça central o seu maior atrativo. Trata-se do telefone dobrável da Samsung, aquele que há vários anos tem servido de tema de debate, e que só agora foi oficialmente exibido pela tecnológica. No entanto, ainda há caminho por desbravar e a o evento da marca sul-coreana foi prova disso.

À tecnologia que lhe permite dobrar ecrãs puramente funcionais e sensíveis ao toque, a Samsung chama Infinity Flex Display, e ontem, a tecnológica deu uma prova de conceito, revelado uma das formas como esta solução pode funcionar. A palco levou um smartphone, aparentemente normal, que depois se abriu ao meio, pela lateral, para revelar uma tela maior, de 7,3 polegadas, que transformava o telefone num tablet - um tablet que cabe num bolso.

Neste equipamento, vai ser possível utilizar três aplicações em simultâneo, mas a empresa ainda não adiantou nada relativamente ao período em que poderemos ficar a saber mais sobre este smartphone. A tecnologia do Infinity Flex Display, contudo, parece estar perto de finalizada, uma vez que a marca deverá começar a produzi-lo em massa dentro de poucos meses.

tek flex display

A Samsung acredita que esta tecnologia pode dar início a uma nova era no mercado dos dispositivos móveis e a Google parece concordar, uma vez que anunciou que o Android terá suporte nativo para smartphones dobráveis. Atualmente, ambas as empresas estão já a trabalhar com programadores e outros criadores de conteúdos para que existam aplicações e jogos desenhados a pensar nas particularidades deste tipo de equipamento.

Por esta altura, sabe-se que a Lenovo, a Xiaomi e a Huawei estão também a trabalhar no desenvolvimento de telas flexíveis. A LG também tem experiência neste campo, uma vez que já desenvolveu uma tela que se enrola, tal qual um rolo de papel. É por isso possível que 2019 seja o ano de partida para o surgimento de muitos equipamentos dobráveis.

Esta semana uma empresa quase desconhecida deu um passo em frente e mostrou um modelo comercial, que fica disponível para entrega em dezembro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.