A Sony revelou um pouco do novo design de seus consoles de videogame além de alguns jogos novos do seu catálogo.

O PlayStation 5 é preto com detalhes curvados em branco e uma luz azul.

Os dois jogos que foram anunciados são continuações de dois sucessos recentes – Spider-Man: Miles Morales e Horizon: Forbidden West.

O novo aparelho da Sony será lançado no final do ano, época também em que seu rival Xbox Series X, da Microsoft, será anunciado.

“Ainda que muitas perguntas não tenham sido respondidas sobre o PS5, como preço e data de lançamento, eu acho que a Sony fez exatamente o que precisava com esse evento de lançamento”, disse a crítica de games Laura Kate Dale.

“Eles mostraram uma hora de jogos, misturando continuações de jogos populares e novas franquias de seus maiores estúdios.”

“As pessoas no Twitter estão divididas sobre se gostam ou odeiam o novo aparelho, mas no geral a Sony passou uma hora deixando as pessoas empolgadas.”

Muitas pessoas disseram que o novo console parece um roteador de wi-fi, e o termo acabou virando um trending topic no Twitter logo depois do evento.

Mais de duas dúzias de jogos foram apresentados no total.

Outros destaques foram uma prévia do novo jogo de corridas Gran Turismo 7 e cenas do jogo de horror zumbi Resident Evil 8, da Capcom.

O evento não deixou claro quais jogos serão exclusivos do PS5.

Show pré-gravado

O PlayStation 5 só vai estar a venda no final do ano. O lançamento acontece sete anos depois do PS4.

Além dos gráficos melhorados, o novo aparelho também modificou seu hard drive, o que permitirá que o tempo de download de seja reduzido drasticamente.

A Sony está construindo um catálogo de jogos que serão exclusivos do novo PlayStation. É um contraste grande com a estratégia da Microsoft, que prefere lançar games compatíveis com seu console atual e futuro.

Para o evento desta semana, a Sony optou por transmitir um vídeo pré-gravado em vez de ao vivo, por causa da pandemia do coronavírus. O vídeo foi transmitido com resolução de 1080p, muito abaixo do que permite o PS5.

Na última guerra de consoles, o PS4 vendeu muito mais que o Xbox One globalmente, em uma proporção de 2:1. Nos Estados Unidos, no entanto, a diferença foi menor.

Na véspera do evento de quinta-feira, uma fonte ligada à indústria de games disse à BBC que duas coisas interessantes estão acontecendo.

“A primeira é o novo console – com gatilhos adaptativos que permitem um feedback mais profundo e significativo na hora de jogar”, disse Robert Karp, que é diretor de desenvolvimento da empresa britânica de videogames Codemasters.

“A outra coisa é a velocidade super-rápida de carregamento. No PS5, esperar para entrar em ação é coisa do passado.”

A volta dos heróis

O novo jogo do Spider-Man é uma continuação do jogo de 2018 do super-herói da Marvel.

Mas agora é a vez do adolescente afro-latino Miles Morales entrar em ação no lugar de Peter Parker. O curto trailer mostrou o herói lutando e pendurado em sua teia pelos prédios de Nova York, com detalhes de neve e eletricidade que não seriam possíveis no PS4.

Outros trailers também revelaram personagens já conhecidos. Aloy voltou para a continuação de Horizon: Zero Dawn.

Em Forbidden West, a heroína aparece nadando em uma água com um crocodilo mecânico e lutando contra dinossauros-robôs.

O personagem Assassin Agent 47 voltou em Hitman 3, a série da IO Interactive. O jogo só estará a venda em janeiro de 2021.

Ratchet and Clank: Rift Apart marcará o retorno dos personagens da Insomniac Games.

Oddworld: Soulstorm foi uma surpresa para todos, com a volta do herói e ex-escravo Abe, uma série que foi lançada no PlayStation original.

E Sackboy também voltou em A Big Adventure, que é continuação do Little Big Planet Games.

Também houve uma prévia de novos projetos de propriedade intelectual, incluindo:

  • Project Athia, com uma protagonista feminina em um planeta alienígena que precisa sobreviver em um mundo com criaturas estranhas
  • Deathloop, com dois assassinos lutando em um “loop de tempo”, que está sendo desenvolvido pela Arkane Lyon, empresa que criou a série Dishonored
  • Pragmata, uma aventura de ficção científica cujo novo trailer mostra uma menina robô e um homem voando no espaço e combatendo uma nave que reverteu o efeito da gravidade e transportou os dois da Terra para a Lua. O jogo só será lançado em 2022
  • Returnal, um jogo de horror no espaço em que uma astronauta cai em um mundo com criaturas angélicas e uma esfera flutuante

“O que achei particularmente ótimo foram os novos projetos de propriedade intelectual”, disse à BBC a host de games Shay Thompson.

“Muitos dos protagonistas eram mulheres ou meninas, o que eu acho algo grande. Isso era apenas um sonho há dez anos.”

Não houve nenhuma menção a jogos de realidade virtual. Também não houve menção a uma possível versão para PlayStation 5 do The Last of Us 2.

Desafio do coronavírus

A Sony também destacou as novidades de hardware do PS5, incluindo 3D Audio e um tocador 4K Blu-Ray. A empresa também disse que terá uma versão do novo console sem drive para discos.

A batalha de consoles entre Sony e Microsoft talvez aconteça ainda durante a pandemia de coronavírus.

Apesar de ambas as empresas dizerem que estão firmes no calendário de lançamentos de 2020, ainda não está claro se haverá demanda.

“A venda de consoles se provou resistente durante crise econômicas porque a indústria segue oferecendo bom valor de entretenimento por hora”, escreveu Piers Harding-Rolls em uma nota no site Ampere Analysis.

“Mesmo assim, a recessão e o desemprego em lugares-chave para vendas podem prejudicar a adoção [de novos consoles] – nem tanto no lançamento mas de forma mais significativa depois da metade de 2021.”


  • Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

https://www.youtube.com/watch?v=ambANBIHjCI

https://www.youtube.com/watch?v=2LtTlAJ3sgw

https://www.youtube.com/watch?v=YGbiI0oG22Q

Escrito por: Leo Kelion & David Molloy - Repórteres de tecnologia

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.
Os textos do parceiro BBC News estão escritos total ou parcialmente em português do Brasil.