A Nintendo surpreendeu a indústria dos videojogos com o lançamento da Switch. Afinal, a consola é um equipamento híbrido que tanto pode ser jogado tal qual um sistema doméstico, como de forma portátil, como se de uma Nintendo DS se tratasse. No entanto, a versatilidade tem um preço, e apesar de os joy-cons serem controladores bastante inovadores, a ergonomia pode revelar-se pouco familiar para os jogadores mais tradicionais. Mas a Hori tem uma solução para quem partilha deste opinião.

O novo Grip Controller é um acessório que tira partido do design modular da Switch para substituir os joy-cons por uma versão mais comum do controlador de consola tradicional. Mas note que este acessório não faz o mesmo que o Switch Pro +, o gamepad que a Nintendo lançou com a Switch. Aqui, a ideia é dividir o controlador ao meio, para que cada uma das suas metades possa ser encaixada numa das pontas da consola.

Para além do design, o controlador também apresenta algumas melhorias face aos joy-cons. Tem gatilhos maiores, botões direcionais e um terceiro botão traseira, em cada uma das metades do controlador, que pode ser programado para corresponder aos comandos que o utilizador quiser. Para facilitar a vida aos fãs de jogos de tiros, há ainda um botão "turbo" que serve para ativar um modo de disparo contínuo.

O controlador vai ser lançado para assinalar a estreia de Daemon X Machina, mas poderá ser utilizado com qualquer outro jogo. No entanto, há que sublinhar que as suas características favorecem a jogabilidade em títulos onde a ação é uma constante. Note que apesar das vantagens acima enumeradas, o Grip Controller tem também algumas desvantagens face aos joy-cons. Neste capítulo nota-se a ausência de giroscópio, acelerómetro, NFC, sensor de infravermelhos e o sistema de feedback háptico, HD Rumble.

O Grip Controller vai chegar ao mercado no próximo mês de setembro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.