Em 2014, Pedro Lopes, na altura um jovem de 17 anos, decidiu criar uma alternativa aos cadernos em papel que lhe permitisse escrever e rescrever quantas vezes quisesse. O Ecobook ganhou rapidamente a atenção do país e, mais tarde, a startup que alterou o seu nome para Infinitebook tornou-se conhecida um pouco por todo o mundo pelos seus blocos de notas reutilizáveis.

Com o fim do Verão a aproximar-se a largos passos e com o regresso à escola e ao trabalho, a empresa decidiu apostar numa novidade que promete tornar o caderno “verdadeiramente infinito”, nas palavras do seu fundador. Agora, com a nova aplicação Infinitebook Cloud, os utilizadores podem guardar os apontamentos que fazem no Infinitebook através de fotografias, as quais podem ser depois guardadas em projetos e até partilhadas.

Nascida de uma parceria com a Chilltime, uma empresa portuguesa especializada no desenvolvimento de programas e aplicações, a Infinitebook Cloud estava já nos planos do seu fundador e CEO desde o início. Tal como afirma Pedro Lopes em comunicado à imprensa, “finalmente, com esta parceria com a Chilltime, foram reunidas todas as condições para podermos melhorar a experiência de utilizar o Infinitebook. Com a Infinitebook Cloud damos liberdade a todos os utilizadores para guardarem e partilharem as suas ideias, mesmo aquelas que seriam apagadas do caderno”.

Nos planos da aplicação está também o reconhecimento automático das folhas e das palavras fotografadas, permitindo ao utilizador pesquisar diretamente pelo conteúdo que precisa. Embora ainda não tenha uma data de chegada marcada, a startup portuguesa indica que esta está para breve.

Para já, a Infinitebook Cloud está apenas disponível para dispositivos móveis com sistemas operativos Android, sendo que apresenta duas modalidades. A primeira, sem custos adicionais, permite ao utilizador guardar até 50 fotos, fazer comentários e partilhar projetos com uma pessoa, assim como aceder aos documentos no computador. Já a segunda é uma versão premium e, por 1.99 euros por mês, possibilita o armazenamento em cloud de 250 fotografias, sendo também possível a partilha de documentos com até 5 pessoas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.