Piratas virtuais (Hackers), conhecidos pelo pseudônimo de Lulz Security, reivindicaram esta quarta-feira a autoria do ataque que tirou do ar hoje a página da Agência Central de Inteligência (CIA) - cia.gov.

"Tango down - cia.gov", publicaram os Hackers na rede social Twitter. O comentário foi seguido pela frase "For the Lulz".

Na mesma data, o Lulz Security anunciou uma linha telefónica para receber ideias sobre novos possíveis pontos de ataque.

"O nosso número recebe entre 5 a 20 chamadas por segundo", disse LulzSec também através de mensagem do Twitter.

O mesmo grupo também reivindicou os ataques feitos há algumas semanas contra a Sony e a Nintendo.

O grupo de Hackers também assumiu os ataques feitos contra o Senado dos Estados Unidos, o canal de televisão público PBS e contra uma organização que trabalha para a Polícia Federal dos EUA (FBI).

SAPO/AFP

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.