De acordo com o Diário Económico português, um edifício, um novo telemóvel e actualizações de sistemas operativos estão entre as revelações.

Cinco lançamentos em 48 horas e o anúncio do maior negócio imobiliário alguma vez realizado em Nova Iorque. Assim se resume a semana da norte-americana Google, que está a aproveitar o final do ano para avançar com uma série de novidades que marcarão o sector já em 2011.

A tecnológica está pressionada com uma concorrência cada vez maior da Apple. Por isso mesmo, divulgou terça-feira uma série de novidades relativamente ao seu sistema operativo para ‘smartphone', o Android, além de ter lançado um sistema operativo específico para computadores: o Chrome OS.

O sucesso do ‘browser' Chrome, que cresceu 300% este ano, para 120 milhões de utilizadores, levou a Google a planear o lançamento de um sistema operativo com o mesmo nome. Esta semana, o sector esperava o seu lançamento. Mas a Google limitou-se a anunciar um programa-piloto, que prevê a distribuição de ‘notebooks' para quem quiser ajudar a testar o Chrome OS. Contudo, equipamentos que corram todas as funções deste sistema operativo - criado a pensar no acesso à Internet - só estarão disponíveis nas lojas no próximo ano.

Mais concretos foram os anúncios relativamente ao Android, que se aliou a um novo equipamento, o Nexus S. Apesar de alguns especialistas considerarem que o novo lançamento da Google é uma versão do Samsung Galaxy S, a estrela é o Android 2.3, baptizado de Gingerbread. Os Nexus One com este sistema operativo chegam às lojas norte-americanas ainda este mês.

Para o Android 3.0, ou Honeycomb, específico para ‘tablet', terá de se esperar mais: a actualização ainda não tem data de chegada ao mercado.

Além da Apple, a Google abriu guerra ao território natural da Amazon, com o lançamento da eBooks. A livraria ‘online' terá mais de três milhões de livros disponíveis na Internet. A Amazon já reagiu e prometeu fazer o mesmo, anunciando que o Kindle terá uma aplicação baseada na Internet, que será lançada "nos próximos meses". E as características serão as mesmas do Google eBooks: a possibilidade de ler os livros escolhidos em qualquer dispositivo.

Novidades em 48 horas

Imobiliário

Para grandes projectos, grandes escritórios. A Google protagonizou o maior negócio imobiliário de sempre dos Estados Unidos, ao comprar o segundo edifício mais alto de Nova Iorque, por 1,9 mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros). O imóvel tem 15 andares e ocupa um quarteirão. Construído em 1932, o prédio tem uma área de escritórios maior que a do Empire State Building. A compra realizou-se em leilão, mas só será fechada no final do ano.

Nexus S

Depois de uma recepção morna do ‘smartphone' Google Nexus One, da HTC, a tecnológica fez uma nova aposta nos equipamentos. O Nexus S traz novas funções, como a possibilidade de substituir os cartões de crédito. A Google não desvenda outros pormenores ou quem é o fabricante, mas há rumores de uma parceria com a Samsung. O equipamento começará a ser vendido ainda este mês nos Estados Unidos por 599 dólares (450 euros) desbloqueado.

Honeycomb

Ainda não vai ser lançado mas já começa a ser desvendado ao mercado. O sistema operativo Honeycomb é uma versão do Android 3.0 que está a ser adaptada ao mercado de ‘tablets'. Segundo o revelado num protótipo da Motorola, o dispositivo não terá teclas e terá um potencial maior na apresentação de mapas ou edifícios em 3D. Os pormenores técnicos ou a data de saída do sistema operativo não foram divulgados.

Gingerbread

Com o novo Nexus S, a Google apresentou uma actualização do sistema operativo Android 2.3, a que chamou Gingerbread. Este será o primeiro equipamento a disponibilizar a actualização do sistema operativo. As maiores diferenças são melhorias no interface de utilização, um novo teclado, ferramentas de selecção de texto, chamadas ‘online' através de VoIP, melhorias na função copiar/colar e reconhecimento de sensor giroscópio.

Chrome OS

Para a Google, não é suficiente concorrer no mercado de ‘smartphone'. Por isso, aposta no seu próprio sistema operativo para computadores, o Google Chrome OS. A Google anunciou a disponibilização dos primeiros equipamentos, da Acer e Samsung, para ‘developers', já que algumas características Chrome OS precisam de ‘hardware' específico. Os computadores devem chegar ao público em geral na primeira metade de 2011.

ebookstore

Mais de três milhões de títulos disponíveis na Internet, em plataforma aberta, que permite aceder a livros electrónicos em qualquer dispositivo. É esta a oferta da Google eBooks, que promete fazer concorrência às bibliotecas da Amazon e da Apple. Para já a oferta só está disponível nos Estados Unidos, mas em breve chegará à Europa. Com o programa, é possível armazenar milhares de livros, ajustar o aspecto do texto e ler o livro ‘offline'.

Fonte: DE

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.