"A Alphabet e a Google já não precisam de dois CEOs e um presidente". Esta é uma das frases de um post assinado pelos dois fundadores da gigante tecnológica que começou em 1998 como um motor de busca e que evoluiu para uma companhia complexa, com um poder enorme no mundo da tecnologia, que se estende a todo o globo.

A publicação de Larry Page e Sergey Brin recorda a primeira carta dos fundadores, ainda em 2004, onde assumiam que a Google não era uma empresa convencional e que não tencionavam tornar-se uma. Os princípios mantiveram-se os mesmos mas a empresa evoluiu e chegou à idade adulta, crescendo muito para além dos serviços de pesquisa e levando à criação da Alphabet em 2015.

"Embora tenha sido um privilégio enorme estarmos profundamente envolvido na gestão da empresa no dia a dia, acreditamos que é tempo de assumir o papel de pais orgulhosos, oferecendo conselhos e amor, mas não uma supervisão [ou ralhetes] diária", explicam, na longa comunicação onde justificam a sua saída da estrutura executiva da empresa. Desde a criação da Alphabet Larry Page tinha assumido o cargo de CEO da "companhia chapéu" do grupo, enquanto Sergey Brin era presidente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.