A época natalícia pode ainda estar longe, mas se quer estar preparado para não “arruinar a linha” a Foodvisor pode ser uma aliada nessa missão. A aplicação foi lançada em 2018 pela startup de mesmo nome e promete ajudar quem quer ter uma alimentação mais saudável.

A empresa que a criou utilizou a tecnologia de deep learning para fazer com que a aplicação reconheça os alimentos que o utilizador fotografa. Além disso a Foodvisor apresenta dos dados nutricionais dos alimentos e tenta até estimar o seu peso.

De acordo com uma entrevista de Aurore Tran, fundadora e CMO da empresa, a aplicação tenta estimar a distância entre o prato do utilizador e o smartphone através dos dados fornecidos pela câmara. Assim consegue fazer um cálculo aproximado do volume das diferentes comidas.

A aplicação está disponível para Android na Play Store e para iOS na App Store. Embora o seu download seja gratuito existem funcionalidades que são pagas, sendo que estas vão desde os 7,49 aos 64,99 euros.

A Foodvisor tem também um serviço premium, rondando os 9 euros por mês. Na subscrição inclui-se uma análise melhorada aos planos alimentares, assim como a possibilidade de conversar com um nutricionista na aplicação.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.