O Facebook deverá passar a estar cotado em bolsa já a partir do próximo ano, avançou ontem a agência Lusa, com base em informação divulgada pela emissora norte-americana CNBC.

Citando "fontes próximas", a estação detalhou que a oferta pública de venda em bolsa será feita no primeiro trimestre do próximo ano e que a empresa espera valorizar-se em 100 mil milhões de dólares - o que corresponde a cerca de 69,2 mil milhões de euros.

A tão aguardada (e antecipada) estreia em bolsa da maior rede social do mundo estará, em grande medida, relacionada com a exigência por parte do regulador americano, que exige que uma empresa com mais de 500 accionistas divulgue as suas actividades financeiras.

O limite de meio milhar de accionistas deverá ser ultrapassado no final deste ano, altura em que a empresa fará a comunicação à comissão do mercado de valores norte-americana, acrescentaram as fontes com conhecimento do processo.

As mesmas garantem que também os empregados da empresa vinham pressionando a direcção devido às restrições internas que os impedem de vender as suas participações na companhia.

Num memorando enviado a potenciais investidores em Janeiro, o Facebook indicava o mês de Abril de 2012 como possível data para entrada em bolsa da empresa liderada por Mark Zuckerberg.

A notícia chega pouco depois de ter sido divulgado um estudo que dá conta de uma perda de popularidade da rede social em países como os Estados Unidos e Canadá.

Numa altura em que conta com cerca de 700 milhões de utilizadores, o serviço registou, em Maio, uma quebra de mais de 5 por cento no número de membros nos EUA, passando de 155,2 milhões de utilizadores no início do mês, para os 149,4 milhões no final do mês.

Os dados são da Inside Facebook Gold e revelam ainda um decréscimo de 1,52 milhões de acessos no Candá durante o mesmo período e uma quebra generalizada no número de novos membros. A rede social que normalmente ganha 20 milhões de novos utilizadores por mês, ficou também aquém deste objectivo em Abril (13,9 milhões) e Maio (11,8 milhões).

Tek

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.