O Facebook anunciou uma série de novas opções para que os criadores possam monetizar melhor os seus conteúdos. As ferramentas incluem soluções publicitárias, grupos de fãs e um sistema de gorjetas, que podem ser deixadas por seguidores durante as transmissões em direto.

O Facebook tem tentado atrair criadores de vídeo de plataformas como o YouTube e o Patreon. Estas novas funcionalidades foram pensadas para dar a estes utilizadores novas fontes de receita e mais poder na personalização da experiência dos seguidores.

Para complementar a oferta, a empresa está também a criar um novo conjunto de ferramentas que facilita a gestão de páginas e perfis. Neste capítulo, o Facebook compromete-se a facilitar a experiência de gestão de públicos e a segmentação dos anúncios exibidos nos conteúdos.

Adicionalmente, será ainda introduzido um novo sistema de monitorização de receitas que disponibiliza filtros por plataforma (Facebook, Instagram, IGTV). Com ele, os criadores vão também poder escolher onde e como querem exibir os seus anúncios, de forma a maximizar a rentabilização com base no perfil e nos comportamentos da audiência.

O modelo de gorjetas, que atualmente existe sob o nome de Stars, para livestreams de gaming, vai ser expandido a um pequeno grupo de criadores de conteúdo em vídeo. A ideia é que os seguidores comprem pacotes de 100 estrelas, que podem depois ser enviadas durante as transmissões em direto. Por cada estrela recebida, o criador recebe um cêntimo.

Já os grupos de fãs vão permitir que sejam criados pequenos conjuntos organizados de seguidores que, em troca de uma mensalidade, poderão receber conteúdos exclusivos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.