Além de representar o país no Seedstars Africa Summit, em Dezembro do ano em curso, o participante angolano selecionado terá direito a uma viagem à Suíça para participar na final global Seedstars Summit, em Abril de 2019, palco onde, entre vários prémios, poderá lutar pelo título de grande vencedor do concurso e pelo quantia monetária de um milhão de dólares em investimento de capital.

Ainda de acordo ao documento, na edição anterior, Angola foi representada pela startup Tupuca, com a solução inovadora que desenvolveu para “food delivery”. De realçar que o referido aplicativo permite aos encomendar refeições de vários restaurantes com diferentes opções e ainda doar refeições à instituições sociais.

Confira abaixo as dez startups seleccionadas:

  1. E Otchitanda
  2. Balus
  3. eAngola
  4. Fix-Tecnologies
  5. HS- Geo Survey Limitada
  6. Kepya
  7. Kubinga
  8. LV Digital
  9. Projepolis, Lda
  10. Tellas

De realçar que, a etapa final entre os concorrentes angolanos acontece já no dia 12 de Outubro, às 16 horas,  no ISPTEC, em Luanda. As startups vão apresentar-se frente a um júri composto por Joel Epalanga, Managing Director at KiandaHub, Rui Oliveira, CEO na BFA Asset Management, Alexander Thompson-Payan, Presidente da TGI, Joelson Bartolomeu, Director de Inovação da Unitel e Claudia Makadristo, Directora Regional para África na Seedstars.