O FBI lançou um alerta sobre a nova Barbie "Video Girl", avisando que a boneca com uma câmara incorporada pode ser aproveitada por pedófilos para gravar pornografia infantil.

A boneca mais famosa do mundo, permite gravar até 30 minutos de vídeo, sendo depois possível descarregar as imagens e vê-las num computador.

A fabricante da Barbie, a Mattel, defendeu-se, assegurando que pensou o produto com a máxima segurança para as crianças.

SAPO

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.