É certo que a funcionalidade do Apple Watch de expulsar a água das colunas de som não é propriamente uma novidade. Aliás, todos os relógios inteligentes da empresa da maçã lançados desde 2016 são capazes de fazê-lo. Mas alguma vez viu o processo em ação ao pormenor? A equipa por trás do canal The Slow Mo Guys decidiu captá-lo em câmara superlenta e revelar os resultados ao mundo.

Para conseguir captar um processo que a olho nu pode não tem muito de espetacular, Gavin Free usou uma lente macro na câmara, registando-o a 1.000 frames por segundo e depois a 2.000, ou seja, a uma velocidade 80 vezes mais lenta.

A configuração do Apple Watch foi concebida para que a água não danifique o interior do relógio quando o utilizador está, por exemplo, a nadar ou ainda para evitar ativar acidentalmente determinadas funcionalidades através do “Water Lock”. Para eliminar a água, as colunas estão equipadas com um mecanismo que funciona através de vibrações, expulsando o líquido das membranas da câmara de som.

Através da câmara superlenta é possível ver que, à medida que as colunas “empurram” a água para o exterior, algumas gotas acabam por voltar para dentro ou até mesmo por ficar presas no exterior da coluna.

Para resolver o problema, o mecanismo do Apple Watch para por uns segundos para que mais gotas se consigam acumular, repetindo o processo ao longo de 10 vezes. Mas o que acontece se o sistema for ativado quando o relógio está submerso? Curiosamente, o mecanismo funciona e, através das vibrações, são expelidas inúmeras bolhas de ar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.