O concurso foi lançado a 27 de Novembro de 2017 e a ele concorreram 19 empresas angolanas e nove estrangeiras.

Actualmente, Angola conta com três operadoras, com a Unitel a liderar o mercado, com cerca de 80% de quota, à frente da Movicel, com um peso de cerca de 20% e a Angola Telecom (empresa estatal em processo de privatização) com uma posição residual.

A 29 de Março passado, a Movicel assinou uma parceria com a britânico Vodafone, tendo o director regional para África daquela operadora, Vic Pavel, garantido que a empresa não tenciona comprar acções de qualquer operadora angolana, nem mesmo para a quarta licença.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.