A Angop apurou o facto durante a visita de trabalho que a governadora Lotti Nolika efectuou, na tarde desta quinta-feira, a localidade, situada a 154 quilómetros da cidade do Huambo, com o objectivo de identificar os principais problemas que afligem os 14 mil e 385 habitantes.

Segundo uma fonte da administração local, com esta avaria, um total de 403 famílias ficou privada do consumo de energia eléctrica, incluindo a rede de iluminação pública que também ficou prejudicada.

Entre as dificuldades apresentadas à governadora, consta o corte de combustíveis, para abastecer o grupo gerador da administração local, de modo a garantir o normal funcionamento da instituição.

Em resposta, a governadora Lotti Nolika defendeu a infra-estruturação da localidade, com a construção de empreitadas de impacto económico-social, capazes de melhorar a qualidade de vida da população local.

Deste modo, a governante disse que uma das grandes preocupações consiste na reabilitação dos 36 quilómetros entre a sede comunal e a vila municipal do Chinjenje, com o objectivo de tornar a circulação de pessoas e bens mais segura e fluida.

Nesta localidade encontra-se um dos cinco reinos da província do Huambo, concretamente o da Chiyaca, que abrange os municípios do Ucuma e Longonjo (província do Huambo), Ganda, Cubal e Caimbambo (Benguela), Seles (Cuanza Sul), Caluquembe, Caconda e Chongoroi (província da Huíla).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.