Na ocasião, a vice-presidente felicitou as mães dos bebés por trazerem ao mundo crianças saudáveis e terem se dirigido aos serviços de saúde para consultas pré-natais, apelando-as a amamentarem-nos exclusivamente até aos seis meses com o leito materno, por ser o mais saudável.

Por sua vez, a  chefe de enfermagem da instituição, Fátima Afonso, agradeceu o gesto da dirigente do MPLA e considerou ser reconfortante e gratificante, pois muitas dessas mães não tinham o enxoval para os recém-nascidos e prometeu que os profissionais ao serviço da Maternidade tudo farão para continuar a prestar um serviço público de qualidade.

Referiu que diariamente a Maternidade realiza mais de 50 partos e que desde os finais do ano de 2018 as pacientes já não são obrigadas a comprar os medicamentos e nem pagam pelos testes laboratoriais, pois é tudo subvencionado pelo Estado.

O hospital materno-infantil tem capacidade para mais de 150 camas.

A visita de Luisa Damião enquadrou-se no acto político de apoio ao VII Congresso Extraordinário do MPLA, que se realizou hoje na província da Huíla.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.