As vítimas, uma menina e dois rapazes, encontravam-se a brincar quando foram atingidas mortalmente por raios.

O porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros na Huíla, Inocêncio Hungulo, realçou tratar-se das primeiras descargas atmosféricas da época chuvosa do ano em curso, com perdas humanas. Sete pessoas ficaram feridas durante o sucedido, que já tiveram assistência médica, sem nenhum risco de morte.

Inocêncio Hungulo frisou ser necessário a instalação de pararaios comunitários, uma vez que a província da Huíla é propensa a episódios do género, principalmente nos municípios de Caluquembe, Humpata, Lubango, Chipindo, Cuvango e Jamba.

Com uma superfície territorial de três mil e 391 quilómetros quadrados, o município de Caluquembe tem uma população estimada em 209.438 habitantes, de acordo com projecções do INE para este ano.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.