Música e dança únicas

A comunidade sidi floresce através das suas músicas e danças tradicionais - parte integrante da sua identidade cultural. Manuel é um agricultor na vila Mainalli, distrito de Uttar Kannad, em Karnataka. No seu tempo livre, dá oficinas de dança gratuitas para crianças locais, para que elas possam transmitir a cultura sidi à próxima geração. - Saurabh Narang

Instrumentos feitos à mão

Besteung ensina uma criança na vila de Mainalli a tocar o dammam - um instrumento de percussão feito de madeira e pele de camurça. Normalmente, os homens tocam o damman enquanto as mulheres dançam ao ritmo animado. - Saurabh Narang

Dhamal

Chandrika, de 13 anos, prepara-se para o dhamal, uma dança tribal tradicional sidi, que retrata a vida da comunidade. Chandrika vive na vila de Mainalli e, da mesma forma que adora ir à escola, gosta também de praticar as suas habilidades dhamal. - Saurabh Narang

Dançar para os reis

David também se prepara para dançar dhamal. A dança tribal foi originalmente apresentada como uma celebração para o retorno de uma caçada bem-sucedida. Também já foi uma das principais fontes de entretenimento dos reis no passado. Hoje, os sidis dançam dhamal em várias ocasiões. - Saurabh Narang

Trabalho forçado

Realizadores de Singapura recriam uma cena para a série de TV "Sentuhan Harapan". Nesta foto, estão a retratar a história de Ravi, um personagem complexo. Ravi foi espancado por um empresário local. Depois de se recusar a trabalhar por um salário baixo, Ravi também viu a família receber ameaças do empresário. - Saurabh Narang

Preconceito na escola

Na escola do set de filmagens de "Sentuhan Harapan", um jovem estudante sidi em Yellapur relata os episódios de discriminação e bullying de que foi alvo. O aluno diz que outras crianças geralmente não querem interagir com crianças da comunidade sidi, forçando muitos alunos a abandonar a escola. - Saurabh Narang

Posse de terra

Mahadevi, de 75 anos, é viúva e vive na vila de Magod, em Karnataka. Há muitos anos que Mahadevi luta nos tribunais para recuperar os cinco acres de terra que foram adquiridos ilegalmente por um guarda da floresta após a morte de seu marido, em 1996. - Saurabh Narang

Tempo livre

Um grupo de jovens sidis brinca numa velha árvore na aldeia de Mainalli. Como descendentes do povo bantu, da África Oriental, os antepassados sidis foram trazidos principalmente para a Índia como escravos pelos árabes desde o século VII, seguidos pelos portugueses e britânicos mais tarde. Outros vieram à Índia para trabalhar como comerciantes ou marinheiros. - Saurabh Narang

Nelson Mandela, um herói para os sidis

Uma foto emoldurada de Nelson Mandela - o primeiro chefe de Estado negro da África do Sul e líder anti-apartheid - está na casa de uma família sidi, na aldeia de Talikumbri. Quando a escravatura foi abolida, a comunidade fugiu para o interior da Índia, temendo um regresso ao passado. Durante séculos, cerca de 25 mil descendentes da tribo de origem africana têm vivido quase na obscuridade. - Saurabh Narang

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.