Durante o acto de apresentação dos supostos criminosos, Verissímes Pandamari, do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do SIC da Lunda Norte, revelou que a detenção dos dois cidadãos é fruto de uma denúncia pública.

Explicou que os acusados foram detidos quando tentavam extorquir mais de um milhão de kwanzas a um cidadão nacional, alegando que a quantia se reverteria num lucro de cinco milhões de dólares norte-americanos.

Fez saber que em posse dos dois comparsas foram encontradas notas falsas de dólares norte-americanos, com as quais pretendiam ludibriar as vítimas, além de dois frascos com um líquido, que simulavam ser mercúrio vermelho.

De Janeiro até à presente data, o SIC registou 20 casos de burla, com valores acima dos cinco milhões de kwanzas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.