Fonte afecta ao SIC, contactada hoje (sexta-feira) pela Angop, referiu que entre os suspeitos a serem apresentados, em número não determinado, estão os envolvidos no assassinato do antigo jogador de futebol João dos Santos “Chinho”.

O antigo internacional angolano foi assassinado com disparos de arma de fogo, por dois desconhecidos, em Junho deste ano, no bairro da Sapu, município de Viana, no interior da sua viatura.

Os outros suspeitos a serem apresentados têm a ver com o assassinato de um médico russo, em Novembro, no bairro Alvalade (Maianga), e de um cidadão angolano, em Agosto, nas proximidades da Frescangol, no Cazenga.

Ambas as vítimas conduziam as próprias viaturas e tinham levantado avultadas somas em agências bancárias. Foram seguidas até serem assaltadas e mortas com disparos de arma de fogo.

Este ano, a fase mais crítica em Luanda, em termos de assassinatos para roubo de valores monetários, foi nas últimas duas semanas de Novembro.

Nesse período foram registados cinco assaltos, em menos de 72 horas, onde morreram seis pessoas entre nacionais e estrangeiros, em acções realizadas em pleno dia, em diferentes pontos da capital angolana.

Estas acções criminosas obrigaram ao reforço das acções conjuntas de patrulhamento ostensivo entre a Polícia Nacional e o SIC, tendo resultado na detenção de mais de 200 suspeitos e a apreensão de várias armas de fogo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.