Segundo o porta-voz da referida corporação, subinspector Victorino Kotingo, três supostos criminosos estão implicados na prática de dois homicídios voluntários, outro num caso de homicídio preterintencional e um num rapto de uma adolescente.

Os homicídios voluntários foram praticados com recurso a arma branca (faca) e motivados por desavenças entre amigos, registados no município de Benguela, enquanto o terceiro foi motivado por razões passionais e ocorreu no município da Catumbela, envolvendo agressão física.

Já o rapto da adolescente, de 14 anos de idade, ocorreu no dia 22 do corrente, no município da Baía Farta, cujo alegado autor, de 22 anos, é ainda acusado da prática de um crime de violação sexual concorrido com ofensas corporais, ocorrido a 16 do corrente na mesma circunscrição.

Segundo o responsável, foram igualmente apresentados 32 outros cidadãos acusados dos crimes de roubo com recurso a arma de fogo, furto de viaturas, usurpação de imóveis, violação sexual e posse de liamba.

Victorino Kotingo deu a conhecer que, no âmbito das micro-operações e sequência investigativa realizada, foi possível a recuperação e apreensão de diversos artigos, dos quais uma arma de fogo do tipo AKM, com carregador e sete munições. e uma caçadeira, quatro viaturas e igual número de motorizadas de marcas e modelos diversos.

Destaca-se nestas micro-operações, a apreensão de cinco mil litros de gasóleo, quatro computadores portáteis, sete botijas de gás butano e nove quilogramas de liamba.

O porta-voz do SIC aproveitou a oportunidade para apelar os cidadãos a denunciarem tempestivamente junto dos piquetes e esquadras mais próximas as acções que põem em causa a ordem e tranquilidade públicas, visando permitir a tomada de medidas operativas pelos órgãos que intervêm no sistema de segurança.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.