De acordo com o porta-voz do SIC em Benguela, sub-inspector Victorino Kotingo, que falava à Angop, a margem do acto de apresentação dos supostos meliantes, o grupo foi desmantelado nos últimos quatro dias na sequência de um trabalho de investigação e enfrentamento das forças.

Victorino Kotingo adiantou que os mesmos são, alegadamente, os autores dos homicídios ocorridos entre os meses de Fevereiro e Junho do corrente, nos bairros periféricos do Atlântico, Autódromo, Caponte City e Cassanji, todos com recurso a arma branca (faca), em que as vitimas maioritariamente exerciam serviço de moto-táxi no período nocturno.

Durante os delitos, explicou, o grupo fazia-se passar por passageiros e quando encontrassem uma zona calma e escura protagonizavam o assalto, desferindo golpes com faca, preferencialmente na região do abdómen, provocando a morte das vítimas.

O porta-voz fez saber também que os supostos meliantes, de 22, 27 e 29 anos de idade, tinham como preferência motorizadas de marca Lingken, cujo preço varia entre 400 a 500 mil kwanzas, e que as mesmas eram comercializadas nos municípios do interior de Benguela e da Huíla ou trocadas por cabeças de gado.

Adiantou que, no acto de detenção dos supostos meliantes, foram igualmente apreendidas cinco motorizadas novas em posse destes, todas de marca Lingken.

O sub-inspector acrescentou que os mesmos serão encaminhados ao Ministério Público, enquanto outras diligências decorrem visando a recuperação dos meios em falta, bem como o esclarecimento de outros crimes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.