De 25 anos de idade, o réu leccionava a disciplina de Biologia nas 8ª classes no complexo escolar Ngulu ya Nenganga, no bairro Kunguyanguela, periferia da cidade do Soyo.

Na sentença lida pelo juiz da causa, Artur Nkanga, ficou provado, em julgamento, que o réu já vinha mantendo cópula com a menina aos 12 anos de idade, chengando de lhe engravidar aos 13 anos.

Abel Andrade deverá pagar 120 mil Kwanzas de taxa de justiça e 500 mil Kwanzas de indemnização à ofendida.

Na sessão de hoje, o tribunal da comarca do Soyo, condenou também, a seis anos de prisão maior, três membros de um grupo de marginais considerados altamente perigosos

Tratam-se dos cidadãos André Adelaide José, João Fernandes e Isaac Valente, que praticavam assaltos a mão armada na cidade do Soyo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.