A morte ocorreu no período da manhã de quarta-feira, quando indivíduos que circulavam numa motorizada abordaram a vítima e efectuaram disparos com uma arma de fogo,  atingindo-a na região abdominal e falecendo no local.

Em comunicado de imprensa a que a Angop teve aceso, o Minint afirma que a população  teria feito um juízo de valor, culpabilizando agentes da Polícia Nacional.

Esclarece que investigações feitas pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) concluíram que os disparos foram feitos por meliantes, em número não revelado, que trajavam roupas azuis, levando a população a presumir tratarem-se de agentes da polícia (usam uniforme azul).

A delegação do Minint lamenta a morte e afirma ter desencadeado diligências no sentido de localizar e deter os autores do crime e encaminhá-los aos órgãos de justiça.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.