Essa informação foi avançada nesta quinta-feira à imprensa, pelo comandante municipal da PN em Benguela, inspector-chefe Filipe Caxota, acrescentando que os marginais foram alvejados nos membros inferiores e que fazem parte de um grupo de seis.

Filipe Caxota explicou que a acção da PN resultou de uma denúncia através do Centro Integrado de Segurança Pública, que dava conta de um assalto no interior de uma fazenda, tendo as forças se deslocado ao local, onde foram surpreendidos com vários disparos vindos de uma viatura.

O responsável adiantou que houve um tiroteio, no qual dois meliantes foram alvejados nos membros inferiores e detidos, enquanto os demais encontram-se foragidos.

O comandante destacou que, deste grupo de meliantes, faz parte uma senhora que se encontra já detida e que a PN apreendeu uma arma do tipo AKM e uma viatura, enquanto decorrem diligências para que, nos próximos dias, os foragidos sejam capturados.

Filipe Caxota disse acreditar que os indivíduos em causa sejam também os responsáveis de alguns assaltos que têm ocorrido nos últimos tempos no município de Benguela, com recurso a arma de fogo, cujas vítimas são cidadãos estrangeiros, de nacionalidade chinesa e vietnamita.

Filipe Caxota referiu que a polícia vai sempre reagir de acordo com a perigosidade que os cidadãos representarem.

O comandante pediu calma aos munícipes, pois, a PN não vai permitir que um conjunto de indivíduos tire o sossego dos cidadãos.

O município de Benguela registou nos últimos meses 10 roubos com recurso a arma de fogo, cujas vítimas são cidadãos estrangeiros.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.