Trata-se de 453 caixas de Tramadol, 160 de Indometacina e 143 caixas de Diazex, que foram encontrados em posse de um cidadão nacional que tentava transpor a fronteira em direcção a Angola.

O porta-voz do Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional, inspector-chefe Luís Bernardo, disse em declarações hoje (segunda-feira) à Angop, que o produto foi apreendido pelo facto de o proprietário não apresentar nenhum documento que o autorize a importar produtos farmacêuticos.

A mercadoria, segundo a fonte, foi entregue à Administração Geral Tributária (AGT) no Luvo, ao passo que o suposto infractor está a contas com a justiça.

A comuna fronteiriça do Luvo dista a 60 quilómetros a norte da cidade de Mbanza Kongo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.