De acordo com o  porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, Luís Filipe Zilungo,  o crime ocorreu, segundo relatos familiares, no bairro da Chavola, pelas sete horas, no interior da residência onde acusado e vítima viviam.

“O acusado tentava aplicar um correctivo ao menor, mas por excesso acabou por matar a criança. O autor do crime já está a contas com a justiça”, acrescentou.

Por outro lado, informou que  a Polícia está no encalço de meliantes que, com recurso a um ferro, agrediram, até a morte, um cidadão de 35 anos de idade, na via pública,  com motivações ainda por se determinar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.