Segundo a Polícia Nacional, em comunicado enviado à Angop, o referido cidadão proveniente da República Democrática do Congo (RDC) alega ser cidadão angolano com residência na capital do país, Luanda.

Conforme a cooperação, o infractor foi detido pelas forças da Polícia de Guarda Fronteira, quando tentava transpor a fronteira, usando caminhos clandestinos.

“Depois da detenção, o mesmo foi submetido a rastreio pelas autoridades sanitárias destacadas na fronteira, que, posteriormente o encaminharam a equipa multissectorial provincial de combate à covid-19 para o tratamento que se impõe”, lê-se ainda na nota.

A comuna fronteiriça do Luvo dista a 60 quilómetros a norte da cidade de Mbanza Kongo, sede provincial.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.