De acordo com dados disponibilizados pelo Governo Provincial, deste número 1.660 são empregos directos e 740 indirectos. Os jovens conseguiram trabalhos nas empresas de construção civil, que estão a construir várias infra-estruturas sociais nos quatro municípios da província (Cacolo, Dala, Muconda e Saurimo).

O número de postos de trabalho poderá aumentar nos próximos dias, altura que se prevê a entrada em execução de mais obras.

A Lunda Sul foi contemplada com 40 projectos, dos quais 32 já em execução, nos sectores da educação, saúde, saneamento básico, energia e águas, obras públicas, segurança, quadras desportivas, entre outras, avaliados em 11 mil milhões, 571 milhões, 530 mil e 423 kwanzas.

Por sua vez, o governador da Lunda Sul, Daniel Neto, exigiu maior rigor por parte das empresas fiscalizadoras das obras.

Daniel Neto fez este apelo durante o encontro que manteve com os responsáveis das empresas executoras do PIIM e dos Eurobonds na província, tendo sublinhado que com esta medida permitirá que os empreiteiros trabalhem com rigor e qualidade nas obras em curso.

Explicou que todas empresas, que executam as obras do PIIM na Lunda Sul, que não obedecerem os critérios contratuais serão responsabilizados criminalmente.

Afirmou ser necessário que as empresas se organizem no ponto de vista de infra-estruturas, de modos a facilitarem a sua localização, quando estes são solicitados para prestarem informações ao governo e as administrações municipais.

Satisfação dos munícipes

Entrevistado pela Angop, José Carlos, pedreiro de 24 anos de idade, disse que há dois meses conseguiu emprego na obra de construção de uma escola do bairro Sassamba (Saurimo). Conta que encontrou no PIIM uma forma de ganhar a vida com dignidade e ajudar a família na aquisição de bens da cesta básica, principalmente nesta fase do confinamento social.

João da Silva Tomás “fugiu” das dificuldades da comuna do Sombo e encontrou, na cidade de Saurimo, uma oportunidade de progredir na vida, “estou há um mês e neste momento estamos a construir os passeios e lancis”, enfatizou.

Já Osvaldo Munhungueno, de 20 anos de idade, regozija-se por ter conseguido o seu primeiro emprego nas obras de construção do pavilhão multiuso. Realçou que com o salário consegue ajudar a família.

A província da Lunda Sul possui quatro municípios, nomeadamente Cacolo, Dala, Muconda e Saurimo, onde vive uma população estimada em 629 mil habitantes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.