Segundo a parlamentar, fruto da situação muitos jovens estão envolvidos no uso e venda de drogas, um mal que prejudica o desenvolvimento do país, por afectar mais a camada que é a força de trabalho activa.

A deputada falava durante um encontro que manteve com a governadora da província de Luanda, Joana Lina, uma iniciativa do Movimento Nacional de Prevenção e Combate ao Uso das Drogas, em alusão ao dia internacional de luta contra o uso indevido e tráfico de drogas, que se assinala nesta sexta-feira (26).

Maria do Carmo Nascimento informou que o Grupo de Mulheres Parlamentares esteve no governo da província de Luanda para apresentar o programa de luta contra as drogas à nova gestora de Luanda para que, no âmbito do seu programa social, poder contar com o movimento.

Apelou aos jovens que não conseguem se libertar das drogas a procurarem médicos, psicólogos, familiares e amigos, no sentido de se tornarem úteis à sociedade e no desenvolvimento do país.

A governadora da província de Luanda, Joana Lina, disse na ocasião que as parlamentares podem contar com o apoio e disponibilidade do executivo na mobilização da sociedade para ajudar o movimento na luta contra as drogas, na cidade capital.

O Movimento Nacional de Prevenção e Combate ao Uso das Drogas, coordenado pelo Grupo de Mulheres Parlamentares, foi criado no dia 27 de Fevereiro do ano em curso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.