A dirigente partidária, que falava num acto político de massas, disse que o MPLA, partido no poder em Angola, vai continuar a trabalhar para responder os anseios e necessidades básicas da população.

Dos projectos, Joana Lina apontou a reabilitação das estradas secundárias e terciárias, de modo a permitir o escoamento dos produtos agrícolas do campo para as zonas de transformação e consumo, além da construção de mais escolas e unidades sanitárias.

Realçou que o município da Ecunha ocupa um lugar de destaque no domínio da produção agrícola, daí a razão da reabilitação, nos próximos dias, da estrada Ecunha/Quipeio, Ecunha/Huambo, passando pela localidade do Petróleo, assim como vias secundárias e terciárias, para tornar a circulação mais rápida e segura.

Considerou que o cumprimento desse desiderato exige, acima de tudo, unidade e coesão entre os militantes, para o fortalecimento das estruturas de base, tendo em conta os próximos desafios eleitorais.

Para melhorar o trabalho das estruturas de base, Joana Lina procedeu a entrega de motorizadas aos primeiros secretários do MPLA na Ecunha e no Quipeio, além de outros meios para facilitar a mobilização de novos membros, ao passo que os jovens receberam material desportivo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.