Os mesmos foram inaugurados pelo administrador do município do Londuimbali, Celestino Mela, tendo sublinhado que a construção das infra-estruturas permitirá reduzir doenças de origem híbrida, pois que os beneficiários deixarão de consumir água imprópria.

Trata-se de dois pequenos sistemas, financiados pela administração local, no âmbito do Programa de Combate à Pobreza que, além estarem equipados com painéis solares, possuem, cada um deles, quatro lavandarias, duas bicas externas e um tanque reservatório de cinco mil litros.

O administrador informou que para a concretização do projecto as autoridades locais investiram perto de 22 milhões de kwanzas, uma acção enaltecida pelo secretário da Unita na municipalidade, Faustino Wayanga.

Com uma extensão territorial de dois mil e 698 quilómetros quadrados, o município do Londuimbali possui uma população de 154 mil e 235 habitantes, distribuídos em cinco comunas, 42 ombalas (controladas por autoridades tradicionais) e em 303 aldeias.

A agricultura, com realce para o cultivo do milho, feijão, batata-rena e doce, hortícolas, assim como a produção, em grandes quantidades, de banana, laranja e limão, constituem as principais fontes de rendimento da maior parte da população do Londuimbali, cuja vila municipal está localizada a 92 quilómetros da cidade do Huambo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.