Trata-se de Minola Mpasikamani, a data dos factos era chefe de um grupo de malfeitores denominado “Os pretos fofos”, que numa briga com outro grupo de marginais atingiu mortalmente um comparsa com o disparo de arma de fogo.

De acordo com a sentença, lida pelo juiz da causa, Alberto da Silva Coxe, o facto ocorreu quando o réu, após rixa com o grupo rival “Os remitentes”, decidiu vingar-se da perseguição feita aos membros da sua “gang”.

Os disparos atingiram mortalmente o jovem de 19 anos de idade, tendo provocado também ferimentos a outras duas pessoas, segundo ainda o acórdão.

O condenado deverá pagar 60 mil kwanzas de taxa de justiça, um milhão de Kwanzas de indemnização à família da vítima e cinco mil Kwanzas de emolumento ao seu defensor oficioso.

Na mesma sessão, o tribunal condenou, também, o cidadão António Pascoal, de 42 anos de idade, a seis anos de prisão maior por burla. O réu vai pagar 800 mil Kwanzas de indemnização e uma taxa de justiça de 60 mil Kwanzas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.