Um porta-voz da polícia, Moses Carter, referiu que o incêndio teve início por volta da meia-noite local (01:00 em Portugal continental) e atingiu um dormitório e um edifício escolar onde estudantes dormiam, a cerca de 11 quilómetros da capital.

De acordo com a mesma fonte, citada pela Associated Press, apenas o imã, um professor e dois alunos conseguiram fugir.

As causas do incêndio estão a ser investigadas.

O porta-voz da Presidência, Isaac Solo Kelgbeh, anunciou que o Presidente da Libéria, George Weah, visitou o local e irá estar presente no funeral das vítimas, que decorrerá numa mesquita em Monróvia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.