A governante fez essa apreciação, durante o encontro que a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, manteve com as entidades religiosas, autoridades tradicionais e fazedores de cultura.

Realçou que as igrejas como parceiros do governo desempenham um grande papel no resgate de valores, no desenvolvimento de projectos da saúde e educação das comunidades.

Segundo Mara Quiosa é preciso que as igrejas ajudem o governo a resolver os vários problemas sociais da população, por isso há que se destacar a sua participação no desenvolvimento do país, moldando as consciências humanas com a moralização da sociedade.

A província do Bengo, de acordo com a governadora, tem um mosaico cultural muito vasto e espera que com a visita da ministra da Cultura alguma situação que a região ainda enfrenta poderá ser minimizada.

“Temos consciência da sensibilidade que a ministra tem em relação as questões da cultura no nosso país, de uma forma geral, mas em particular, da província do Bengo que possam ser abordadas nesta visita”, ressaltou.