A filha mais nova de Hugo Chávez partilhou uma foto na Internet que está a causar grande polémica. Rosinés Chavez, de 14 anos, aparece a tapar metade do rosto com um leque de notas estrangeiras. De imediato choveram críticas à fotografia partilhada na rede Instangram,  acusando a jovem de 14 anos de ter acesso facilitado e privilegiado a dinheiro. Isto num momento em que a utilização de moeda externa na Venezuela é bastante limitada.

A reacções não se fizeram esperar. E no Twitter alguém escreveu que a Comissão de Administração de Dívidas da Venezuela - órgão regulador ligado ao Ministério das Finanças que impõe limites ao uso de moeda estrangeira - fechou os olhos aos montantes concedidos a Rosinés Chávez.

Em 2010, esse limite era de 400 dólares/ano para compras na Internet; um máximo de três mil dólares em gastos de cartão de crédito para quem viajasse para a Europa, África ou Ásia.

A atitude da filha contrasta com o discurso fervoroso do pai e Presidente do país, Hugo Chavez, contra o “capitalismo selvagem” e os “ianques” norte-americanos.

Mas os venezuelanos já se habituaram ao caprichos e privilégios de Rosinés. Há uns meses, publicou fotografias do seu encontro com o cantor canadiano Justin Bieber, possibilitado pelo seu pai.

A mãe, Marisabel Rodriguéz, saiu em defesa da filha através de uma mensagem que colocou no Twitter: “O erro não foi tirá-la. Foi partilhá-la num meio onde há pessoas ignorantes que não respeitam os outros”.

Uma bandeira para a 'Querida Rosinés'

Apesar de a polémica ter invadido as redes sociais, os jornais venezuelanos optaram por não falar do assunto. Talvez porque, em 2005, o jornal “TalCual” foi multado em cerca de 20 mil dólares depois de ter publicado um editorial com o título “Querida Rosinés”, do humorista Laureano Márquez Pérez – uma sátira ao facto de o Presidente venezuelano ter alterado a bandeira nacional porque a filha lhe disse que o cavalo que integra o símbolo nacional não deveria estar a olhar para trás.

SAPO

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.