A informação foi avançada, nesta sexta-feira, à Angop pelo director de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério do Interior da Huíla, Manuel Halaiwa, tendo referido que o ex-namorado da vítima, um cobrador de táxi, de 19 anos, e mais três amigos foram presos no bairro “Patrice Lumumba”, após denúncia pública.

Segundo o director, o móbil do crime foram fotografias encontradas no telemóvel da vítima, de 19 anos de idade, que desagradaram ao antigo namorado.

Após ver as fotos, contou, o ex namorado, na companhia dos comparsas, seguiu a jovem que foi violada sexualmente e espancada até a morte.

Os acusados serão presentes, nos próximos dias, a um procurador para definir as medidas de coração.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.