O facto foi revelado hoje, segunda-feira, nesta cidade, pelo porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, superintendente Carlos Aberto.

Ao fazer o balanço das ocorrências do fim-de-semana, o oficial afirmou que o delito ocorreu no bairro Comandante Nzagi, onde se situa o complexo, pelas 19 horas, sendo que as autoridades já detiveram os suspeitos.

“Tudo aconteceu quando a lesada encontrava-se no parque em companhia do seu namorado e os três meliantes apareceram empenhados do referido instrumento, que ameaçaram-lhes e arrastaram-na para um lugar ermo onde mantiveram cópula ilícita com a mesma”, detalhou.

Durante o período em análise, a polícia registou 10 crimes diversos, menos seis em relação ao fim-de-semana anterior, dos quais sete foram esclarecidos, menos quatro, com a detenção de nove cidadãos como presumíveis autores.

A tipicidade criminal consubstanciou-se em uma violação sexual, uma posse e tráfico de cannabis, quatro furtos, duas ofensas corporais e um roubo, que ocorreram nos municípios do Lubango (seis), Quipungo (dois),  Matala e Caconda com um para cada.