A informação foi avançada nesta terça-feira, à Angop, na cidade do Lubango, pelo director de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério do Interior da Província da Huíla, Manuel Halawia, tendo referido que o crime aconteceu quando a estudante da 9ª classe, do período da noite, regressava da escola Imaculada Conceição.

Precisou que o acto ocorreu por volta das 23 horas, no bairro de Comandante Valódia, zona onde a vítima morava.

"Diante deste facto, todas as nossas acções estão voltadas para o trabalho de identificação, localização e detenção dos presumíveis autores do crime, no sentido de serem responsabilizados criminalmente", declarou.

Por sua vez, o irmão da vítima Michael André, de 21 anos, disse que a família tomou conhecimento da situação através de  uma das colegas da irmã, que viu o corpo estendido na rua pela manhã.

"Precisamos que se apanhe as pessoas que  fizeram isso com a minha irmã e os façam pagar pelo crime. Que a deixassem viva, ela não merecia morrer desta forma trágica", lamentou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.