Segundo o porta-voz do Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros, Faustino Miguêns, o cidadão, de 23 anos, o único dos cinco que perdeu a vida neste acidente, foi encontrado a cerca de 40 quilómetros do local onde desapareceu, mais concretamente da região do Miradouro da Lua.

Faustino Miguêns, citado pela agência noticiosa angolana, Angop, disse que a equipa de busca e salvamento era composta por 25 especialistas dos bombeiros, Capitania do Porto de Luanda e Polícia Fiscal, apoiada por helicópteros da Força Aérea Angolana.

Esténio Joanes Cruz André era o único dos cinco elementos da embarcação que não levava o colete salva-vidas quando o motor avariou, tendo uma onda projetado todos os ocupantes para o mar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.