Durante a sessão de Julgamento que teve início hoje no Tribunal do Namibe, a procuradora Clara Vanda disse que os agentes da António Garcia Paulino, de 54 anos de idade, com a patente de terceiro subchefe, e o agente da corporação Cristiniano Vihilo Cambambi Canga, de 28 anos. assassinaram Mutchito por estrangulamento.

“Em horas imprecisas da madrugada do dia 11 de Agosto de 2019, os arguidos abriram a cela e sem motivo aparente agrediram fisicamente o malogrado com um golpe na região peniana e em posse de uma corda ou cabo amarraram no pescoço e asfixiaram-no e retiraram-se do interior da cela trancado-a novamente, deixando o infeliz sem socorro”, disse a magistrada, que mais adiante disse que por volta das 5 horas, o co-arguido António Paulino foi abrir a cela e encontrou o detido morto.

A procuradora acrescentou que “tanto a peritagem policial na cela quanto o resultado da autópsia, revelam que os agentes da corporação mataram o infeliz jovem Mutchito”.

O julgamento continua e a sentença pode ser conhecida nos próximos dias.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.