A detenção ocorreu na zona do Kianganga, periferia da cidade, com os moto-taxistas a serem detidos em flagrante pelos efectivos da Polícia Nacional.

A corporação avança, em nota enviada à ANGOP, que os detidos transportavam mais de um passageiro em motorizada de duas rodas, transgredindo as regras do código de estrada.

“Os acusados foram encaminhados ao Ministério Público e aguardam pelo julgamento sumário”, lê-se na nota.

O Decreto Presidencial sobre o Estado de Emergência proíbe, entre outras, o exercício da actividade de moto-táxis por não reunir as condições para o distanciamento social, no âmbito da prevenção e combate à covid-19.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.