A informação vem expressa no relatório do Comando da Polícia Nacional na província do Huambo, sobre a segurança pública, entre os dias 06 e 09 de Julho, distribuído, esta sexta-feira, à ANGOP.

O crime de violação, segundo o documento, ocorreu numa residência construída no bairro Bom Pastor, arredores da cidade do Huambo, tendo sido consumado depois do acusado ter aliciado a pequena com valores monetários.

De igual modo, um jovem de 22 anos viu-se, também, privado da liberdade depois de violar uma menor de 12 anos de idade, em plena via pública da aldeia de Cália Jamba, periferia da vila municipal do Ecunha. A vítima encontra-se, nesta altura, em tratamento ambulatório.

Ainda esta semana, um menor um ano e seis meses perdeu a vida, no sector do Luvili, comuna do Alto Hama (Londuimbali), depois de uma senhora de 30 anos (detida) ter se deitado sobre ele devido a embriagues.

No mesmo município, dois cidadãos acabaram detidos depois de assassinaram, com arma de arremesso (pau), o senhor Faustino Telessi, de 45 anos de idade, com qual se desentenderam após convívio.

Entre segunda a quinta-feira, lê-se no documento, 23 cidadãos foram detidos por suspeita e acusação de terem praticado 32 crimes diversos, entre roubos, furtos, assaltos e posse de estupefaciente do tipo liamba, com apreensão de uma placa electrónica de viatura, uma bateria, utensílios domésticos e electrodomésticos diversos.

Com uma extensão territorial de 35.771 quilómetros quadros, a província do Huambo é habitada por dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, distribuídos em 11 municípios.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.