São jovens, nascidos ou radicados na Europa. Vivem longe de África, mas a sua influência é visível. Cabace, Gingongo ou Semente, artistas de Portugal, que misturam a cultura africana com sonoridades urbanas.

Foi no âmbito do festival Musidanças, que Cabace, Gingongo e Semente subiram ao palco e partilharam o seu talento. Misturam estilos musicais e constroem uma nova geração de músicos da lusofonia mestiça, aquela que junta ritmos, espalha a africanidade e cria novos ritmos.

Gingongo é um dueto formado por duas irmãs gémeas, Tatiana e Tânia Araújo. Nasceram em Lisboa, filhas de pais angolanos e apostam na World Music, pois acreditam ser o estilo que as melhor define.

Os Semente são um grupo do Porto, norte de Portugal, com espectáculo performativo onde a dança e a música africana da Costa Oeste sofrem influências da história e da evolução da sociedade contemporânea. As raízes são africanas e a sua dança e a música do Mundo.

Os Cabace trazem um Afro Soul Reggae, que une os ritmos do tradicional africano com uma linguagem mais urbana e boémia, de onde nascem temas originais, narrados em vários crioulos, em francês, inglês e português.

Três grupos distintos que trazem consigo um reflexo das suas vivências, um pedaço de África e um pedaço da Europa.

O festival Musidanças aconteceu entre os dias 19 e 24 de Novembro. As Gingongo actuaram no dia 23 e os Semente e os Cabace encerraram o festival.

+ Gingongo ao vivo no Musidanças 2010

+ Semente ao vivo no Musidanças 2010

+ Cabace ao vivo no Musidanças 2010

+ Fotos do festival Musidanças 2010

@AO

SAPO AO

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.